Voltar para PAGINA INICIAL

     
 
 

Descrição Heráldica

 
 

do distintivo do Batalhão da Saudade

 
 
       
Capitão Bolivar Mazon (sgt Bolivar)
   
 
 
           
   

DISTINTIVO DO BATALHÃO DA SAUDADE

                Escudo português de azul e vermelho, listão de azul celeste filetado de negro, bordadura de ouro filetado de negro. Fuzis cruzados de ouro carregados de um barrete frígio de vermelho, encimado de um ramo de louro de verde, postos em chefe. Coluna do Palácio da Alvorada de branco filetada de negro, contida nos flancos pelas letras maiúsculas “B” e “S” filetadas de negro em abismos de ouro, carregada do mapa do Brasil, de azul celeste filetado de negro, tudo postos em contrachefe. Sotoposto ao escudo a divisa “Batalhão da Saudade” em letras maiúsculas de negro, de estilo gráfico, circundando dois ramos de louro de verde, reunidos em ponta as letras maiúsculas “BGP” de negro, formam a coroa que enlaça o escudo.

Simbologia e Alusões as peças:
- Os fuzis cruzados: simbolizam a arma de Infantaria;
- O barrete frígio: simboliza a liberdade;
- A Coluna do Palácio da Alvorada: simboliza a cidade de Brasília-DF;
- As letras “B” e “S”: simbolizam o Batalhão da Saudade;
- O mapa do Brasil: simboliza a diversidade do recrutamento e mobilização de seus granadeiros;
- A divisa “Batalhão da Saudade”: simboliza o grito da saudade e o amor por ti do seu sempre granadeiro;
- Os ramos de louro: simbolizam a vitória e a glória;
- As letras “BGP”: aludem a origem do Batalhão da Saudade.

Representação e significado do metal e cores:

- O ouro: significa a nobreza e a fé;
- O azul: significa o patriotismo, o zelo e a lealdade;
- O vermelho: significa o ardor bélico e a consciência de seu próprio valor;
- O negro: significa a constância, a firmeza e o bem servir a guarda;
- O verde: significa a esperança;
- O azul celeste: representa o céu límpido da Capital federal;
- O branco: representa a irradiação intensa do horizonte do Planalto Central.

Capitão QAO Bolivar Mazon